Dia do padeiro: saiba tudo sobre essa data 8 de julho 2021

Dias, pessoas e principalmente grandes profissões, recebem datas comemorativas importantes, sendo o dia do padeiro uma delas.

Diferente do que muitos pensam, a profissão de padeiro não se resume só a produção de pães, bolos ou doces.

Até porque, a história do pão e consequentemente do padeiro passam por toda a humanidade desde os princípios, principalmente relacionado a questão religiosa.

Além disso, quando se trata de religiosidade, o pão tem muita relevância, pois, o mesmo é símbolo da vida, alimento tanto do corpo e alma.

Vale ressaltar que, o pão também fez parte da alimentação dos seres humanos há muito tempo atrás, no tempo em que era produzido com o fruto do carvalho triturado, e continua fazendo parte das refeições até hoje.

A atividade panificadora no país começou a se expandir com os imigrantes italianos, onde em cidades grandes como São Paulo as padarias se proliferaram.

Para você ter uma ideia, algumas ainda hoje fabricam os típicos pães italianos.

Sendo assim, essas são algumas das importâncias que o pão teve e continua tendo na nossa humanidade, seja na alimentação, seja no âmbito religioso ou onde for, está mais que provado que o mesmo é digno dessa data.

Por isso, veja agora mais algumas informações importantes sobre o dia do padeiro.

O que é o dia do padeiro?

Como já citado, o dia do padeiro é uma homenagem aos que exercem essa profissão, e produzem esse alimento tão popular e milenar que é o pão.

O padeiro ou panificador é aquele que fabrica os pães a partir de receitas diversas.

Vale ressaltar que, apesar de ser uma profissão aparentemente simples e que não necessita de muitas técnicas, para se tornar um panificador no Brasil você precisa fazer um curso técnico de panificação e confeitaria, para só então por em prática a profissão.

Uma curiosidade é que, a produção de pães é uma atividade tão antiga que fica complicado dizer precisamente o ano ou um local onde a panificação surgiu inicialmente.

Entretanto, acredita-se que os primeiros pães foram feitos a mais de 12 mil anos atrás na Mesopotâmia, atual região do Iraque.

Lenda do panificador

Assim como cada profissão tem um padroeiro para proteger e defender a mesma, o dia do padeiro foi criado em homenagem a sua, Santa Isabel de Portugal, conhecida como padroeira dos padeiros.

De acordo com a lenda do surgimento dessa data, tudo aconteceu no século 14 quando Portugal passava uma crise, onde as pessoas tinham muita fome.

Dessa forma, a rainha Isabel de Aragão, vendeu suas joias em troca de trigo para abastecer o celeiro real.

Com isso, passou a distribuir pães de forma escondida, para nem mesmo o rei descobrir, para os mais necessitados.

No entanto, quando um dia Isabel se preparava para a distribuição, o rei D. Dinis I a interrompeu e exigiu que ela mostrasse o que escondia no seu avental.

Assim, a rainha respondeu que levava rosas, mas o rei não acreditou e pediu para que ela mostrasse para ele.

Mas, para surpresa de todos, quando ela abriu o avental realmente caíram rosas no chão, e os súditos que iam receber os pães começaram a gritar: “Milagre, milagre!”.

Considerações finais

Você sabia de toda essa história por trás do dia do padeiro? Para os amantes da profissão, conhecer onde esse grande surgiu é muito importante.

Nos vemos em breve.

Informações adicionais:

Esta procurando por receitas de qualidade? Então, não deixe de pesquisar aqui no PadeiroseConfeiteiros, como fazer Receita de rosca doce com calda de laranja, Ideias para restaurantes na pandemia.

Veja também:

Receita de pão de fubá

Dia do padeiro: saiba tudo sobre essa data. Quem trabalha na padaria?
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on print
Imprimir
Avalie essa receita!
[Total: 1 Estrelas: 4]
Share on facebook
Share on pinterest

© Copyright 2018-2021 – Padeiros e Confeiteiros.
Todos os direitos reservados.

Advertisment ad adsense adlogger